sexta-feira, 5 de junho de 2015

Você teria nervos para atravessar esta ponte?


Essa ponte russa definitivamente não é  indicada para os acrofóbicos (pessoas com medo de altura). Com 549 metros de extensão, a estrutura tem boa parte de suas 740 toneladas de metal e de seus 2 mil metros cúbicos de concreto posicionada a uma altura de quase 200 metros sobre o vale Krasnaya Pollyana, em Soichi (Rússia).


Construída como parte dos projetos para as Olimpíadas de Inverno de 2014, ela concorre atualmente ao posto de “Ponte mais longa do mundo”, do Guinness World Records — status atualmente pertencente à ponte japonesa Kokonoe Yume. O projeto da obra levou três anos, sendo necessários outros dois anos para colocá-la em pé.
Para tornar a coisa toda ainda mais divertida, a passarela é totalmente vazada, permitindo uma bela visão do Krasnaya sob os pés — fazendo-o imaginar ainda o que poderia acontecer a um pobre diabo que despencasse dali. Quem quiser um pouco mais de adrenalina também pode optar por um dos três pontos disponibilizados para a prática do bungee jumping.

Vista privilegiada e segura

É claro que qualquer medo de altura ali deve ser, a princípio, irracional. Isso porque a estrutura foi projetada de tal forma que poderia competir com uma instalação militar. Além de suportar o peso de 30 mil pessoas simultaneamente, esse belo colosso arquitetônico ainda poderia se manter em pé mesmo após um terremoto de nove graus na escala Richter. Além disso, para os mais desastrados, há ainda uma rede de contenção para evitar o pior.
O local é uma Meca para fotógrafos afeitos a belas paisagens. Além da altura invejável sobre o vale, a estrutura dispõe de pontos em que o cercado é mais baixo do que os ombros, facilitando os registros.
“É uma ponte muito bonita”, disse o fotógrafo George Malets, de 24 anos, em entrevista ao site Dailymail. “Você pode pular de 200 metros, e é realmente difícil descrever em palavras o que se sente — principalmente quando é o seu primeiro pulo.” Interessado em tentar a sorte? Basta ficar de olho nas identificações dos locais especificamente destinados à prática.
FONTE(S)
IMAGENS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas