terça-feira, 2 de setembro de 2014

Observação de baleias encanta turistas na Bahia

O litoral do Nordeste é uma região onde o Oceano tem águas mais quentes, fator que atrai as baleias jubartes para o período de reprodução - entre julho e novembro. Esses mamíferos vivem nos polos, mas buscam locais mais aquecidos para gerar os filhotes e é justamente neste período que os turistas conseguem ver de perto este animal tão grande. 

Divulgação
Divulgação


"As águas da costa nordestina são as mais quentes do Brasil. Pode esfriar um pouco com a passagem de frentes fria, que podem chegar até a Bahia, mas é um resfriamento momentâneo, que não atrapalha a reprodução das baleias", explica o meteorologista Márcio Custódio, da Somar Meteorologia. 


Divulgação/Enrico Marcovaldi
Divulgação/Enrico Marcovaldi


Além do calor do Oceano, a região do litoral da Bahia possui muito corais, que servem de abrigos para peixes, que se tornam alimento para as baleias. Esse fator faz com que as praias de Caravelas, Alcobaça e Prado sejam as preferidas dos mamíferos. Desde 1983 existe o Parque Nacional Marinho de Abrolho, que é considerado o berço das jubartes. 

A diminuição das chuvas nas praias do Nordeste nesta época do ano, pode ser considerado mais um elemento para essa migração das baleias, além disso, com dias de sol e calor, os turistas conseguem observar melhor os animais. A previsão do tempo mostra que as chuvas devem ficar abaixo da média em setembro no sul da Bahia. 

Baleias jubartes 

As fêmeas normalmente são maiores do que os machos, elas podem medir até 14 metros e pesar até 40 toneladas e, apesar do tamanho e do peso, atingem uma velocidade de quase 30 km/h. Os machos são conhecidos pelos cantos, que servem para atrair a fêmea para a reprodução. 

Divulgação/Instituto Baleia Jubarte
Divulgação/Instituto Baleia Jubarte


A gestação de uma baleia jubarte dura 11 meses. Essa espécie é conhecida pelos saltos fora da água, o que chama a atenção dos turistas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas