quarta-feira, 18 de junho de 2014

Turquia – Conheça um pouco sobre a terra dos sultões




Se você é do tipo que evita criar muitas expectativas sobre os locais que vai visitar por medo de se decepcionar, pode abandonar todas as suas preocupações com respeito à Turquia. O país é simplesmente incrível, repleto de lugares e ruínas espetaculares, boa comida e o povo é extremamente hospitaleiro e simpático.

Ao contrário do que você possa imaginar, especialmente tendo em vista as fronteiras conturbadas da Turquia, o país é bastante seguro, sem falar que as grandes cidades são muito mais modernas e europeias do que muita gente imagina. Tudo isso, associado à sua longa História, torna o país um destino turístico capaz de agradar a todos os gostos.
Assim, além de ser a famosa terra dos troianos, sultões, dervixes — praticantes do islamismo sufista que rodopiam durante as cerimônias como ato de devoção —, da lua crescente e de paisagens surreais, convidamos você a conhecer mais coisinhas sobre esse cativante local.

Istambul

Bósforo, com a Torre Gálata ao fundo
A passagem por Istambul é obrigatória, e em um primeiro momento, a “aura” mourisca da antiga Constantinopla vai enganar você. Mas não pense que você vai se deparar com mulheres cobertas por véus e muçulmanos austeros. Istambul é uma metrópole gigante — com mais de 13 milhões de habitantes —, moderna, limpa e segura. Além disso, o transporte público é eficiente e não faltam restaurantes, baladas animadas e pontos turísticos deslumbrantes.
Mesquita Azul
Entre as principais atrações estão a belíssima Mesquita Azul e a Cisterna da Basílica — cuja iluminação interior é espetacular — que abastecia o Palácio Topkapi. O palácio, por sua vez, serviu de residência para diversos sultões otomanos entre os séculos 15 e 19. Lá dentro é possível ver alguns fios da barba de Maomé. Assim, depois de visitá-lo, você poderá dizer que viu “as barbas do profeta”, literalmente! O Topkaki também conta com um harém incrível que é o ponto alto da visita.
Cisterna da Basílica
Palácio de Dolmabahçe também é uma excelente pedida, com seus lustres absurdos e a famosa escadaria de cristal, e para apreciar uma vista panorâmica de Istambul, suba até o topo da torre Galata. Já para ver o lado moderno da cidade, vá até a praça Taksim, onde você se surpreenderá com a quantidade de pessoas que circulam por ali. Aliás, fique pela região caso você queira curtir um pouco da agitada vida noturna da cidade.
Exterior da Santa Sofia
Entretanto, a principal atração de Istambul é a deslumbrante Ayasofya ou Santa Sofia. O edifício original data de 360 d.C., e a estrutura atual foi construída entre os anos de 527 e 565 pelo Império Bizantino para servir de catedral de Constantinopla. Durante seus muitos séculos de história a Santa Sofia serviu de templo religioso para os ortodoxos, católicos e islâmicos, antes de finalmente ser convertida em museu.


Interior da Santa Sofia



O mais interessante é que boa parte das atrações turísticas fica concentrada em Sultanhamet. E, depois de bater pernas e visitar todos esses lugares, aproveite para dar uma passadinha por um dos muitos banhos turcos que existem na cidade para relaxar. Mas se você ainda tiver pique, visite o Grand Bazaar, um dos mais antigos e maiores mercados cobertos do mundo, e também o pitoresco bazar de especiarias.


Interior de uma das muitas mesquitas da cidade

Capadócia e outras atrações



A Capadócia fica bem no centro do país, na Anatólia Central, localizada a cerca de 700 quilômetros de Istambul. Além da famosa paisagem surreal que você pode ver na imagem acima, também existem inúmeras casas, igrejas — com incríveis frescos coloridos — e vilas inteiras escavadas na tufa, um tipo de rocha muito porosa. Por lá também existem diversas cidades subterrâneas, como é o caso de Derinkuyu, que já abrigou cerca de 10 mil pessoas sob o solo.
Göbeklli Tepe
Göbeklli Tepe também merece uma visita. Trata-se do topo de uma colina no qual existe um santuário datado do 10º milênio a.C. O sítio ainda está sendo escavado por arqueólogos, e acredita-se que sua descoberta pode mudar nosso entendimento sobre o início da civilização humana. Outro local incrível é o Mosteiro de Sümela, um mosteiro ortodoxo grego fundado no século 4 que se encontra incrustado e um penhasco a cerca de 1,2 mil metros de altura.
Mosteiro de Sümela
Outro local interessante é a cidade greco-romana de Éfeso que durante um bom tempo foi a segunda maior cidade romana na antiguidade, ficando apenas depois de Roma. Éfeso também era famosa graças ao Templo de Ártemis — uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo —, destruído no século 5 durante uma rebelião. A cidade também foi mencionada no Apocalipse e conta com um cemitério de gladiadores, portanto, não faltam coisas para explorar.
Ruínas de Éfeso
Infelizmente, é impossível listar aqui todos os lugares que merecem ser visitados na Turquia, assim que vamos finalizar com o Palácio de Ishak Pasha. Localizado em Dogubeyazit, ao leste do país, próximo à fronteira com o Irã, o palácio foi construído no século 17 e é um belíssimo exemplo da mistura das arquiteturas otomana, persa, mesopotâmica e anatoliana. Confira a seguir um vídeo com muitos outros atrativos que você pode encontrar na Turquia:

Café e comidinhas

Foram os turcos quem introduziram o café na Europa quando, por volta do ano de 1500, o Império Otomano apresentou os grãos aos italianos. É claro que eles adoraram e foi apenas uma questão de tempo para que a iguaria se espalhasse por outros países. Mas o café não é a única bebida largamente apreciada na Turquia. O chá é extremamente popular, assim como o ayran — bebida gelada prepara com iogurte, sal e água — e o raki, que é alcóolico.
Variedades de doces turcos
Pois, é... embora a Turquia seja um país muçulmano, muitos turcos tomam bebidas alcóolicas, e o raki — que tem um teor alcóolico que varia entre 40 e 45% — é a bebida nacional. Já a cozinha é considerada uma das três principais culinárias do mundo, graças à vasta quantidade de receitas desenvolvidas ao longo de séculos de História e à influência dos vários povos que fizeram parte dela.


Baseada no uso de ingredientes naturais e especiarias, assim como muito azeite, peixes, carneiro e vegetais, algumas das especialidades mais conhecidas entre os turistas são o kebab — basicamente feito com fatias de carneiro, vegetais e pão pita — e o dolma (berinjela ou pimentão recheado com arroz e cebola). Já entre os doces, além do famoso lokum, ou delícia turca, outra preciosidade para os “formiguinhas” é o baklava, feito com massa folhada, mel e frutos secos como amêndoas, pistache e nozes.

Mais curiosidades

Palácio Ishak Pasha
  • Geograficamente, a Turquia se encontra em dois continentes — Ásia e Europa —, embora 97% de seu território se encontre no lado asiático;
  • Devido à sua localização — sobre diversas placas tectônicas —, a Turquia é vulnerável à ocorrência de terremotos, especialmente na região norte do país;
  • A Turquia faz fronteira com outras oito nações: Síria,Grécia, Iraque, Irã, Georgia, Azerbaijão, Bulgária e Armênia;
Cidade subterrânea de Derinkuyu
  • Constantinopla — a atual Istambul — chegou a ser a capital do Império Romano quando Roma começou a cair;
  • As famosas guerras de Troia ocorreram na Turquia;
  • Vários personagens ilustres nasceram no país, como o Rei Midas, o filósofo Homero, o apóstolo São Paulo e Heródoto;
Museu de Göreme, na Capadócia
  • As sete igrejas do apocalipse — Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Sárdis, Laodiceia, Tiatira e Filadelfia — se encontram na região da Anatólia;
  • Acredita-se que a  Arca de Noésupostamente teria sido encontrada por arqueólogos no Monte Ararat — ponto mais alto do país a mais de 5 mil metros de altitude —, que por sinal é o local descrito na bíblia;
  • Duas das Sete Maravilhas do Mundo Antigo — Éfeso e Halicarnasso — se encontram no país;


  • A Turquia moderna só foi proclamada como nação em 1923, com a queda do Império Otomano;
  • Embora Istambul seja a maior cidade do país — e a terceira área urbana mais populosa da Europa —, sua capital é Ancara;
  • O esporte mais popular do país é o futebol e, na Copa do Mundo de 2002, a seleção turca terminou a competição como terceira colocada do mundial;
Monte Nemrut
  • Existem mais de 10 locais listados como  Patrimônio da Humanidadena Turquia, o que a torna um importante destino turístico;
  • Apesar de o idioma soar bem “árabe”, o alfabeto não é arábico, mas baseado no latim, com a exceção de algumas letras — Ç, G, I, I, Ö, S e Ü — que passaram por modificações;
  • As famosas tulipas que são cultivadas na Holanda são originárias da Turquia;
Oludeniz
  • Istambul é a única cidade do mundo que se encontra construída em dois continentes;
  • Na Turquia existem centenas de praias banhadas pelo Mediterrâneo e pelo Mar Egeu que receberam a “Bandeira Azul”, ou seja, uma espécie de prêmio concedido na Europa para as praias mais limpas;
  • O famoso Expresso do Oriente — serviço de trem que ficou ativo de 1883 a 1977 — partia de Paris e tinha sua parada final em Istambul.
Fonte : Megacurioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas