quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Seca faz ressurgir ruínas de povoado submerso no Paraná

Antonio Pitondo/Divulgação

Ruínas do antigo povoado de Alvorada do Iguaçu, inundado em 1982, com a construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, reapareceram esta semana por causa da estiagem. 


Alicerces de casas e restos de sepulturas do cemitério chamaram a atenção dos turistas que visitavam a prainha, a 14 quilômetros da sede do município de Santa Terezinha do Itaipu (Oeste). De acordo com a Itaipu, as ruínas já haviam ficado visíveis no ano passado, em 2008 e 1999. 

De acordo com o chefe de divisão da Secretaria Municipal de Turismo, Elso José Reichert, Alvorada do Iguaçu, que pertencia a Foz do Iguaçu, chegou a ter 4 mil habitantes nos anos 1970. "Era um povoado expressivo, com comércio relativamente forte, pois ligava Foz do Iguaçu a Santa Helena e ao Mato Grosso", lembrou. A agricultura também se destacava, com irrigação pelo Rio Paraná. 


Segundo Reichert, com a indenização que os donos das terras receberam pela inundação, a maioria comprou terras no Mato Grosso e no Paraguai. "A maioria foi embora pra longe, mas quem ficou por aqui por perto aproveita para relembrar do lugar", contou. "Quando a água baixa, bate o sentimento de nostalgia em quem viveu aqui. São tantas histórias que nem toda essa água consegue apagar", destacou Reichert.


Fonte :Celso Felizardo - Folha de Londrina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas