terça-feira, 23 de julho de 2013

Neve cobre ruas e parques em Guarapuava

A neve, tão esperada por muitos municípios paranaenses, caiu com certa intensidade na noite desta segunda-feira (22) e madrugada desta terça-feira (23), em Guarapuava (300 km de Londrina), na região Centro-Oeste do Estado, levando muitas pessoas a saírem de casa e enfrentar o frio para presenciar este fenômeno climático. Também houve registro de neve em municípios mais ao sul, como Turvo, Pinhão, União da Vitória, Lapa, São Mateus do Sul, Toledo, Palmas, Paula Freitas, Irati. Porém, em intensidade menor.

Neve cobre ruas e parques em Guarapuava - Guto Gpuava/Simepar

=

Segundo o meteorologista Lizandro Oliveira Jacóbsen, do Instituto Tecnológico Simepar, a neve que caiu sobre Guarapuava, cobrindo o solo, pode ser comparada aos registros de neve que ocorrem anualmente em São Joaquim (SC). Porém, ele alerta que em muitos municípios, até mesmo da região norte, houve o registro de chuva congelada, o que leva muitas pessoas a confundirem com a neve.
"A gente tem lido muitos relatos nas redes sociais e na internet, mas é preciso que nos encaminhem emails com fotos ou vídeos para que possamos analisar e confirmar a ocorrência de neve", comentou.
Guto Gpuava/Simepar

A neve que caiu à noite cobriu ruas e parques de
Guarapuava, criando um belíssimo cartão postal
A chuva congelada, ou sleet, são precipitações de gelo (grãos arredondados e cristalinos, não brancos ou opacos e que quicam ao tocar superfícies duras). Ela é semelhante ao granizo, mas sem proporção para causar estragos. E é mais comum ocorrer nos limites entre uma área com chuva e outra com neve. Um exemplo é o vídeo postado por Clóvis Padoan Filho, mostrando a chuva congelada em Pato Branco, no sudoeste paranaense, ao meio-dia de segunda-feira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas