segunda-feira, 10 de junho de 2013

Espécie rara de tigre é registrada vivendo a -40º na Rússia

Tigresa siberiana é uma das cerca de 200 representantes da espécie e vive em uma das regiões mais inóspitas do planeta

Para filmar a tigresa, foi preciso chegar a cem metros de distância dos animais e instalar câmeras ocultas Foto: Reprodução / BBCBrasil.com
Para filmar a tigresa, foi preciso chegar a cem metros de distância dos animais e instalar câmeras ocultas


Uma equipe da BBC registrou imagens de um dos mais raros animais do mundo - o tigre siberiano. As filmagens foram registradas durante uma expedição ao extremo leste da Rússia. Para filmá-la, foi preciso chegar a cerca de cem metros de distância dos animais e instalar câmeras ocultas.
A espécie vive em um dos ambientes mais inóspitos da Terra, onde temperaturas podem chegar a -40 graus centígrados, o que tornou as filmagens uma tarefa extremamente árdua.
A espécie vive em um dos ambientes mais inóspitos da Terra, onde temperaturas podem chegar a -40ºC Foto: Reprodução / BBCBrasil.com

O contraste de temperatura entre ambiente interno e externo era tão brutal, que as câmeras tinham  que ser mantidas sempre do lado de fora, para que as lentes não embaçassem e a câmera pifasse. Outro desafio foi manter as câmeras aquecidas, pois suas baterias duravam poucos minutos nas temperaturas extremas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas