quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Nova geração do Porsche Boxster chega ao Brasil por R$ 349 mil

Nova geração do Porsche Boxster chega ao Brasil por R$ 349 mil

Nova geração do Porsche Boxster chega ao Brasil por R$ 349 mil
Nova geração do roadster perdeu peso e ficou mais potente, além de transformações estéticas
























O Porsche Boxster mudou e já chegou ao Brasil. Lançado em 1996, o modelo passou pela maior mudança geracional. Mais leve, consome até 15% menos combustível em comparação com a geração anterior, segundo a fabricante alemã. Apesar da maior economia anunciada, o roadster ganhou mais potência nas duas variantes. A versão de entrada desenvolve 265 cv, 10 cv a mais que o antecessor, enquanto o Boxster S entrega 315 cv - cinco além do modelo anterior.
Desde o lançamento do carro, a nova geração é a que apresenta diferenças mais perceptíveis.
Quando comparada à geração anterior, apresentada no fim de 2004 - como modelo 2005 -, esta terceira tem peso consideravelmente menor, maior distância entre-eixos, bitola mais larga e rodas maiores. Os retrovisores externos ficam agora próximos ao limite superior das portas.
Na frente do novo Boxster, grandes entradas de ar laterais e os novos faróis. Tanto os halógenos, de série no Boxster, como os Bi-Xenón, de série no Boxster S, foram redesenhados por completo. Acima das entradas de ar encontram-se as luzes dianteiras, também de novo desenho, das quais fazem parte as de condução diurna e as de posição em tecnologia LED.

Tanto na versão Boxster, quanto na Boxster S, o motor central tem seis cilindros horizontais opostos e injeção direta de gasolina, com recuperação de sistema elétrico, controle térmico e função start/stop. O motor da versão "básica", de 2,7 litros, proporciona 265 cv de potência.
O Boxster S tem o mesmo 3,4 litros de antes, mas com a potência de 315 cv. O câmbio pode ser automático PDK de sete marchas ou manual de seis marchas. Equipado com PDK, a versão mais potente acelera de 0 a 100 km/h em cinco segundos, enquanto a de entrada demora 0,7 segundo a mais.
Entre os pacotes opcionais, está o Sport Chrono, que inclui pela primeira vez apoios dinâmicos de transmissão. Atua entre a configuração esportiva - para um circuito de corrida, por exemplo - e a direção confortável no dia a dia. Junto com o PDK e o botão Sport Plus com a função de controle de largada, dá a melhor aceleração inicial possível, economizando 0s2 para ir de 0 a 100 km/h em comparação com o modo normal.
O botão Sport Plus também ativa a estratégia "circuito de corrida" do PDK. A marcha mais baixa possível é engatada sempre e as trocas de marchas inferiores se realizam a partir de aproximadamente 4.000 rpm. Também estão disponíveis como opcionais os discos de cerâmica - Porsche Ceramic Composite Brake, PCCB.

O novo Boxster é o carro esporte mais leve de sua categoria, pesando 35 kg menos que a geração anterior. O corpo do veículo foi completamente redesenhado: mais de 46% em alumínio, com o aço sendo usado apenas onde é indispensável.
A capota possui uma lona especial para tornar o habitáculo mais silencioso e pode ser aberta ou fechada a até 50 km/h em menos de nove segundos. Com a nova chave do veículo, o teto pode ser operado à distância com o carro estacionado. O interior do Boxster foi completamente redesenhado, com linhas influenciadas pelo Carrera GT. O console central foi elevado para a frente. Os novos assentos esportivos estão 5 mm mais baixos.
As novas versões estão disponíveis na Stuttgart Sportcar, representante da marca no mercado brasileiro. O Porsche Boxster custa R$ 349 mil, enquanto a versão mais potente, Boxster S, sai por R$$ 449 mil.



por Michael Figueredo

MotorDream

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EstampsCamisetas